_sp5.gif (53 bytes)

NOME

DAÚTO Xaharmane Amade
FAQUIRÁ

NATURALIDADE
Inhambane - Moçambique

DATA DE NASCIMENTO

26/12/1965

POSIÇÃO

Médio Defensivo

CLUBES COMO JOGADOR
(camadas jovens)

Baratã
Rio de Mouro
Mem Martins (81/82 e 82/83)
Sintrense (83/84)

CLUBES COMO JOGADOR
(séniores)

Sintrense (84/85)
Sintrense (85/86)
Sintrense (86/87)
Sintrense (87/88)
Sintrense (88/89)
Sintrense (89/90)
Sintrense (90/91) 38-3
Sintrense (91/92) 3-0

CLUBES
(como preparador-físico)

Sintrense (92/93)
Sintrense (93/94)
Sintrense (94/95)

CLUBES
(como treinador)

Sintrense (94/95) 9.º (III)
* - substituiu Fernando Peres
Sintrense (95/96) 8.º (III)
Sintrense (96/97) 5.º (III)
Sintrense (97/98) 2.º (III)
Sintrense (98/99) 17.º (IIB)
Odivelas (99/00) 1.º (IR)
Odivelas (00/01) 2.º (III)
Odivelas (01/02) 4.º (IIB)
Odivelas (02/03) 7.º (IIB)
Barreirense (03/04) 2.º (IIB)
Barreirense (04/05) 1.º (IIB)
Estoril (05/06) inc. (II)
Estr. Amadora (06/07) 9.º (I)
Est. Amadora (07/08) 13.º (I)
V. Setúbal (08/09) inc. (I)
sem clube (09/10)
Olhanense (10/11)
Olhanense (11/12)
* - até Dezembro
inactivo (2012)
1.º de Agosto - ANG (2013)
1.º de Agosto - ANG (2014)
* - até Abril
 
Antigo médio defensivo do Sintrense, abandonou a carreira de jogador antes de completar sequer 30 anos, porque, como já referiu em várias entrevistas, não considerava ter potencial para evoluir mais como atleta, preferindo apostar na carreira de técnico.

Foi também em Sintra que começou como preparador físico (primeiro de Carmo Pais, Freire e depois de Manuel Oliveira), e depois como treinador principal, quando em 1994/95 sucedeu, durante a época, ao "magriço" Fernando Peres.

Quatro épocas ao comando do Sintrense e outras tantas no Odivelas, com várias subidas de escalão, antecederam a passagem de dois anos pelo Barreiro onde passou a ser um nome mais conhecido dos olhanenses, pois na época 2003/04 orientou o clube da margem sul que rivalizava com a formação rubro-negra liderada por Paulo Sérgio na luta pela subida à Liga de Honra.

Não conseguiu subir com o Barreirense nesse ano, mas alcançaria esse objectivo na época seguinte, transferindo-se depois para outro clube do mesmo escalão, mas com maiores ambições, o Estoril-Praia, o primeiro clube onde não terminou uma época.

Na Amoreira encontrou um clube com aspirações de subida, mas que passou por graves problemas financeiros. Um cenário que acabou por não ser estranho para Daúto nas épocas seguintes, já no escalão maior, ao serviço do Estrela da Amadora e do Vitória de Setúbal.

Na Reboleira, o seu trabalho foi considerado bastante positivo pela crítica, o mesmo não acontecendo em Setúbal, de onde saíu em Janeiro, após uma derrota caseira frente à Académica para a Taça da Liga.

Curiosamente, no início da época seguinte esteve quase certo na formação de Coimbra, mas acabou por não se concretizar, optando os "estudantes" por Rogério Gonçalves.

Durante esse ano de inactividade optou por não aceitar os convites que teve, pois, segundo declarou na altura em que foi convidado para treinar o nosso clube, surgiram propostas apenas da Liga de Honra, e tencionava continuar a treinar no escalão principal, o que acontecer a partir de 2010/11 no nosso clube.

A primeira época foi positiva, principalmente numa primeira "volta" surprendente, mas as saídas de jogadores-chave como Jardel e Vinicius e muitas lesões, complicaram a segudna metade do campeonato. Contudo, a manutenção foi assegurada.

Durante o "defeso" o processo de renovação arrastou-se durante algum tempo, mas acabou por ser assinado. Daúto Faquirá ficou no noso clube apenas até Dezembro, pois apesar da classificação no campeonato não estar muito longe dos objectivos as exibições da equipa foram bastante contestadas e a eliminação da Taça da Liga e da Taça de Portugal frente a adversários do segundo escalão acabram por sentenciar o "divórcio".

Após um período de inactividade, rumou a Angola, para orientar o 1.º de Agosto.
 
O plantel do Sintrense no princípio da época de 1994/95, onde Dauto Faquirá (o primeiro à esquerda na fila do meio) fazia parte da equipa técnica de Fernando Peres como preparador-físico, e durante essa temporada iniciaria o seu trajecto como treinador principal, terminando no 9.º lugar da Seríe F da 3.ª Divisão, levando o clube a regressar à 2.ª Divisão "B" em 1997/98.

"A Bola" (26 de Maio de 2012)
 
"A Bola" (05 de Outubro de 2010)
 



 

 







© 2015 - OLHANENSE.NET - Página não oficial sobre o S.C.O. / Unofficial Page about S.C.O.
Caso tenha alguma informação adicional, correção ou alteração a fazer sobre esta página, agradecemos que nos contacte através do endereço de e-mail abaixo
If you have any additional information, change or correction to make on this page , please contact us through the e-mail address bellow