_sp5.gif (53 bytes)

NOME

Fernando Augusto Tormenta
CASACA

DATA DE NASCIMENTO

16/02/1933

DATA DE FALECIMENTO

06/12/2004

NATURALIDADE

Setúbal

POSIÇÃO

Interior Esquerdo
INTERANCIONALIZAÇÕES
Selecção B

CLUBES
(camadas jovens)

V. Setúbal
CLUBES
(séniores)
V. Setúbal (51/52) 2-0
V. Setúbal (52/53) 10-4
V. Setúbal (53/54) 6-0
V. Setúbal (54/55) 8-0
V. Setúbal (55/56) 21-6
V. Setúbal (56/57) 21-2
V. Setúbal (57/58) 21-1
V. Setúbal (58/59) 9-1
V. Setúbal (59/60) 16-1
Sporting (60/61) 3-0
Sporting (61/62) 1-0
Olhanense (62/63) 20-4
Marinhense (63/64)
(...)

CLUBES
(como treinador-jogador)

Olhanense (62/63)
* - a partir da 13.ª jornada
Marinhense (63/64)
(...)
Estrela de Portalegre? (67/68)
(...)

CLUBES
(como treinador)

(...)
U. Madeira (80/81)
U. Madeira (81/82)
U. Madeira (82/83)
? (83/84)
U. Almeirim (84/85)
(...)
Santa Clara
Lusitânia
Estrela de Portalegre
(...)
Moura? (87/88)
Portossantense (88/89)
(...)
Portossantense (93/94)
? (94/95)
V. Setúbal (95/96) cam. jovens
V. Setúbal (96/97) cam. jovens
(...)
 
 

in "sado2000" de 2004-12-08, por Carlos Lopes

Um mês e meio depois da morte de Jacinto João, a família vitoriana está de luto por Fernando Casaca, outra antiga glória sadina e do Sporting. O médio internacional português foi encontrado morto em sua casa esta segunda-feira, supostamente vítima de um ataque cardíaco.

Fernando Casaca antigo futebolista do Vitória de Setúbal e do Sporting, onde se sagrou campeão nacional na décadas 60, foi encontrado sem vida em sua casa, esta segunda-feira, pelo filho que ali se deslocara para alimentar um animal de estimação. De acordo com familiares, o antigo internacional português terá falecido no passado domingo à noite, supostamente vítima de um ataque cardíaco.

Fernando Casa que contava 71 anos desempenhava actualmente funções do União da Madeira, como olheiro. Como futebolista representou o Vitória de Setúbal durante 16 anos, tendo ingressado no Sporting, com 28 anos de idade. Como treinador orientou entre outras, as equipas principais do União da Madeira, Santa Clara, Lusitânia, Estrela de Portalegre e Olhanense.
Mourinho Félix, pai do actual treinador do Chelsea, antigo companheiro de Casaca no clube sadino na época de 1954/1955, recorda com mágoa o desaparecimento do médio interior. «Era um grande vitoriano como há poucos. Foi um jogador acima da média, que fez parte do restrito grupo de grandes jogadores nacionais», afirmou.

Entre inúmeras histórias, Mourinho Félix recorda uma em que o falecido companheiro «repartiu o seu ordenado de furriel do exército com os colegas de equipa que passavam dificuldades, porque o Vitória não tinha dinheiro para lhes pagar» e uma outra em que Fernando Casaca «agrediu com uma cadeira, um adeptos que num café da cidade, injuriava o treinador do Vitória, que na altura era o uruguaio Boqueli», recordou.

Fernando Casaca foi um dos primeiros futebolistas em Portugal a ser operado ao menisco e, na altura, ficou célebre por ter proferido a seguinte frase poucas horas depois da intervenção cirúrgica: «Quem quiser ver o meu menisco dentro de um frasco de álcool, tem de pagar cinco tostões para ajudar à construção do estádio do Bonfim».

O corpo de Fernando Casaca deverá, ao que tudo indica, ficar em câmara ardente, a partir desta quinta-feira, na sala de conferências do estádio do Bonfim, devendo o funeral realizar-se no mesmo dia.




FONTES: ARQUIVOS DO VITÓRIA
     


 

 

 



© 2016 - OLHANENSE.NET - Página não oficial sobre o S.C.O. / Unofficial Page about S.C.O.
Caso tenha alguma informação adicional, correção ou alteração a fazer sobre esta página, agradecemos que nos contacte através do endereço de e-mail abaixo
If you have any additional information, change or correction to make on this page , please contact us through the e-mail address bellow